terça-feira, junho 13, 2006

seguir o trovão

Talvez seja de uma boa noite de sono, que já não tinha há algum tempo; talvez da decisão que tomei ontem, antes de adormecer; talvez seja da lua. Hoje há uma energia positiva em mim. Como Meia-Noite, o extraordinário personagem de Richard Zimler, há que seguir o trovão.

2 Comments:

Anonymous Espírito. said...

Quanto a seguir o trovão, não sei! Mas se quiseres, ontem à noite fotografei alguns,... quer dizer, 16 em 106 fotos que tirei. Acho que até é uma boa média.

junho 13, 2006 1:38 da tarde  
Blogger Justa said...

É uma forma de o seguir, ou não? Quero ver isso e em troca talvez, talvez, leves uma fatia de bolo. Ou duas, ou três, que eu sei do que a casa gasta!

E, por favor, nada de toladas na livraria. Se precisar de demolir alguma coisa, aviso!

junho 13, 2006 3:14 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home