quinta-feira, maio 11, 2006

nas ondas

Gosto da rádio. Gosto de programas de autor. Gosto da companhia de uma voz familiar, dos universos sonoros de cada um, das surpresas, dos "obrigatórios", das paixões e embirrações. Odeio música de elevador e as malditas playlists; odeio "animadores" (!?) burgessos e humor rasteiro.
Gosto que digam ouve. Gosto de parar para ouvir. Gosto que repitam, só porque sim.