segunda-feira, maio 22, 2006

viagem

A minha melhor amiga, exilada em S. Miguel, entope-me a caixa do correio com "postais ilustrados", assim em jeito de piscadela de olho.
Há dias, a Sara apareceu no meu sonho. Estava no meu quarto, abre gaveta, fecha gaveta, naquele seu ar muito despachado. Disse-me, "achavas que ias para os Açores sozinha?" E continuou a dobrar peças de roupa, toda sorridente. Eu, embasbacada, a abanar a cabeça, que sim e que não, ao que ela me dizia.
Para quem não sabe, a Sara morreu há 10 anos. Se se deu ao trabalho de me vir ajudar a fazer a mala só me resta marcar passagem. Isso, e levar uma sweater mais quente. Foi ela que me disse.